Ministério de Artes - COCEF

Home / Ministério de Artes - COCEF


LOUVOR ALÉM DE CIRCUNSTÂNCIAS

por Valéria Dellacenta


O louvor aparece em vários momentos na Palavra de Deus e um dos momentos que gostaria de compartilhar hoje , está em Atos 16.


Naquele tempo, Paulo e Silas foram presos por terem pregado o Evangelho. Não havia humana e aparentemente motivos para que eles cantassem louvores a Deus naquele cenário. Mas algo era claro no entendimento de Paulo e Silas, que a vida cristã é regida pela fé e não pelas circunstâncias. "E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam." At 16:25


Era tarde da noite, após um dia pesado, exaustivo, doloroso, após terem apanhado tanto, eles decidem orar e cantar louvores a Deus. Isso nos ensina, nos inspira. Embora a situação do lado de fora estivesse completamente contrária e desfavorável, o Deus que permanecia dentro de Paulo e Silas os fortalecia e não havia perdido o controle de absolutamente nada. Deus permanecia o mesmo para Paulo e Silas. Esses foram motivos para que eles corajosamente orassem e cantassem ali!


É certo, mesmo que em diferentes formas, como Paulo e Silas, passamos por momentos de grandes dores, perdas, dificuldades, perseguições e  angústias. Mas não nos percamos nas circunstâncias. Não calemos nosso louvor por aquilo que aparentemente pareça intransponível. Que nossa intimidade com Jesus cresça cada vez mais. Que nossa motivação em viver e anunciar o Evangelho do reino se torne cada vez mais latente dentro de nós. Isso era o que alimentava o interior de Paulo e Silas. Permaneçamos amando, orando e louvando ... porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas. 

 

_____________________________________________________________________________________________________________

 

SERVINDO POR QUEM ELE É

por Valéria Dellacenta


Um dos significados da expressão adorar é servir. E esse significado é no seu mais profundo sentido servir de boa vontade e não por obrigação ou força.
A vida de Jesus na terra como homem foi e é o exemplo máximo disto. Ele vivia, quer em meio a  perseguições, afrontas, pressões ou em meio a comunhão com as pessoas ao redor , servindo a Deus, consequentemente servindo pessoas, com a postura correta e nos ensinando com a vida o que é servir uns aos outros. Era importante viver e fazer o que o Pai desejava que Ele fizesse. Porque Ele sabia em plenitude quem era o Pai, Ele conhecia o Pai, o caráter, as virtudes do Pai.


Quantas pessoas no contexto igreja acabam se sentindo saturadas, esgotadas , desgastadas,  por viverem freneticamente "servindo um sistema religioso" e esquecendo o principal, servir a Ele por quem Ele é.


Servir a Jesus não é uma barganha, uma moeda de troca. Precisamos ter consciência disso. Ele já fez o que não merecíamos, deu a vida por nós. Ele escolheu nossa morte para termos eterna vida.  Ele por Sua Graça faz em nós e por nós além do que podemos imaginar, mas não podemos viver servindo como se Ele estivesse nos devendo algo. Ele tem em Si mesmo tudo o que precisamos. Ele cuida de nós, sabe o que é melhor pra nós.  


Permaneçamos Nele, o conheçamos a cada dia, experimentemos o prazer de adorar, e descobriremos o quanto realmente vale servir, por quem Ele é.


"E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste." João 17:3

 

Contato